Meu nome é Elaine, filha do Francisco e da Maria. Sou a caçula de 4 irmãos. Sou casada com o Alexandre há 23 anos e temos 6 filhos, 4 ( Maria Valentina, Pedro, Vitor Hugo e Olívia ) estão mortos, Ana Luiza e Vinicius vivos.

Nasci em Santo André, cresci e vivi até os 17 anos em São Caetano do Sul. Depois nos mudamos para a cidade de São Paulo.
Trabalho desde os 13 anos e minha primeira profissão é vendedora.
Aos 16 anos fui em busca de um sonho de infância : estudar teatro, minha segunda profissão é atriz.

Entre a busca pelo sonho e a vida real, trabalhei em muitos lugares e com muitas pessoas. Conversava muito. Sempre fui falante, desde a infância.
Entre um trabalho e outro, fui desenvolvendo organicamente outras profissões.
Minha terceira profissão é recepcionista. Minha quarta profissão é representante comercial, minha quinta profissão é professora de teatro para crianças e adultos, minha sexta profissão é assistente de organização de eventos ( onde na verdade fazia tudo ) , minha sexta profissão é organizadora de eventos e minha sétima profissão é terapeuta.

Aqui faço um parênteses.

Já na infância, surgiu em mim, uma sensibilidade que na época era difícil compreender.
Percebia muitas coisas para além do que as pessoas falavam ou expressavam, mas como criança não conseguia definir o que acontecia comigo.
Minhas amigas de escola, vizinhas e até adultos, me contavam muitos ” segredos”. Estas pessoas confiavam em mim.
Fui crescendo, adolescendo e esta sensibilidade crescia. Já com alguma autonomia fui em busca de respostas para o que de fato acontecia comigo.
Encontrei muitas respostas, diferentes entre si, mas havia algo em comum em todas estas respostas : sensibilidade extra.

O tempo passou, segui em frente com meu trabalho, estudos, amores, desamores, coisas da vida, no entanto, internamente eu buscava por respostas a um vazio que nada preenchia.
Quando da montagem de uma peça de Nelson Rodrigues ” Vestido de Noiva “, minha personagem vivia no texto, um transe entre a vida e a morte, foi necessário um trabalho de autoconhecimento profundo.

Coloquei meus pés neste caminho. Inúmeros processos de vivências como Renascimento de Leonard Orr, Grito primal, Gurdjieff, meditação ativa do Osho, tantra, Concentração e Meditação, Processo Hoffman da Quadrinidade, Pathwork Eva Pierrakos e as Constelações Familiares – segundo Bert Hellinger.
No meio disso tudo, conheci a ayuaska, e fiz parte de uma instituição beneficente onde havia encontros quinzenais para beber a ayuaska e realizar trabalhos voluntários no local.
18 anos de aprendizado, autoconhecimento e contato com centenas de pessoas de todas as ” tribos “. Nestes 18 anos, houve um momento em que saí da condição de ajudada para a condição de ajudante. As pessoas com quem convivia, confiavam em mim e me contavam coisas íntimas e inimagináveis, principalmente suas dores emocionais e espirituais.

Volto ao ano de 2002, onde conheci o trabalho das Constelações Familiares.

A princípio como todo mundo, a incredulidade também se fez presente em mim.
Coloquei uma questão familiar para ser vista à luz das Constelações e nem sei traduzir o que aconteceu comigo. A frase que mais uso neste caso é:

fui arrebatada pelo trabalho.

A partir deste momento, algo internamente, começou a se transformar em mim, modestamente.

Em 2003, o local onde eu trabalhava assumiu a organização dos Cursos de formação e Workshops em Constelações Familiares, ministrados por um casal ( ele alemão e ela brasileira filha de japoneses ) e eu era a assistente das organizadoras.

Mergulhei nos livros de Bert Hellinger, participei de dezenas de workshops em Constelações Familiares, vi centenas de pessoas se formarem neste trabalho, pessoas que atualmente são bem sucedidas nesta área, tive a oportunidade de acompanhar transformações inexplicáveis destas pessoas, ouvir inúmeros relatos de como o trabalho havia transformado suas vidas. levei minhas questões para serem vistas à luz das Constelações e dentro de mim, havia uma necessidade cada vez maior de aprofundar-me neste trabalho, principalmente depois de participar de seminários com Bert Hellinger no Brasil.
Foi assim até 2011.

O trabalho deste casal cresceu e houve a necessidade de irem para um local maior. A organização dos cursos foi transferida para uma pessoa com mais recursos administrativos para esta transição.
2011 foi realmente um ano especial para mim. meu pai faleceu neste ano e com sua morte, muitas, muitas coisas aconteceram na minha vida, família de origem e família atual.
30 dias depois de sua morte fui demitida do trabalho, dentro de uma turbulência interna e externa, mas no meio disso tudo, eu não sei como, mas eu sabia que precisava alçar outros vôos, ir em busca da minha liberdade pessoal, ser o que sou, do jeito que sou. Autônoma.
Foi então que decidi cursar uma universidade. Escolhi o Curso Superior em Eventos, pois há anos eu fazia isso mas não conhecia a teoria.
Junto com a faculdade, entre um trabalho free e outro na área de eventos, recebi um e-mail com um anúncio do Curso de Formação em Constelações Familiares ministrado pelo casal com quem havia trabalhado por 8 anos. E ainda neste momento, iniciei meus estudos no Espaço da Espiritualidade Independente com Luiz Gasparetto, como aluna do Colegiado dos Filhos da Luz.

Fui fazer a formação em Constelações Familiares ( embora estivesse envolvida com este trabalho desde de 2002, faltava-me a formação ). Durante a formação mais transformações internas e externas, comecei a atender com terapia holística profissionalmente, pessoas que me procuravam aleatoriamente. Concluí a formação e imediatamente cursei a formação avançada em constelações, paralelamente fiz a Terapia Brevíssima com Luis Gasparetto, entre outros cursos.
Aos poucos mais pessoas me procuravam para processos terapêuticos e atendimentos em Constelações Familiares.

Com o fluir natural da vida, me profissionalizei. Sou prestadora de serviços.

Presto serviços terapêuticos em atendimentos individuais e grupos, em espaço localizado na Vila Mariana. Presto serviços em eventos terapêuticos.

Se eu pudesse, colocaria aqui meus agradecimentos à todas as pessoas que foram determinantes na minha vida até este momento. No entanto, são centenas de pessoas e cada uma delas, tem um lugar no meu coração.

Com amor, aos meus pais Francisco e Maria.
A vida é sempre generosa.

Ficou com alguma dúvida?
Preencha o formulário abaixo e, assim que possível,
retornaremos o seu contato.



Endereço do Consultório

Rua Coronel Lisboa, 218
Vila Mariana – São Paulo/SP
04020-040


Telefone

(11) 99908 3005


E-mail

contato@elainelealcarvalho.com.br


“Agradeço aos meus pais Francisco e Maria pela vida que a mim chegou. Eles se dispuseram. “
2018 © Todos os direitos reservados.

Site Elaborado pela
Klick Saudável – Sites para Profissionais da Saúde

Venha "Sintonizar sua Alegria" em 08/12
Faça sua Inscrição
close-image